Sobre Antonio Facciollo Neto:

Diretor e Fundador do Instituto Paulista de Astrologia

ANTONIO FACCIOLLO NETO, 71 anos, é o mais destacado pioneiro da Astrologia Científica, com mais de 55 anos de trabalhos dedicados à profissão, à pesquisa e à difusão desse conhecimento milenar.Iniciou sua vida profissional aos 14 anos de idade; foi chefe de carteira de descontos e cobrança, sub-contador e contador de agências bancárias e Astrólogo profissional desde 1959.

Foi iniciado em Astrologia por seu pai, Mariano Facciollo, continuando seus estudos como autodidata; qualificou-se como profissional competente pelo Centro Astrológico de Buenos Aires, com importante trabalho sobre “As Influências Cósmicas nos Acidentes Aéreos”, onde comprovou cientificamente que 70% dos acidentes aéreos são provocados por ângulos planetários desarmônicos, tese confirmada até hoje, inclusive com a crise aérea e de aeroportos e os grandes acidentes aéreos em 2006 e 2007 no Brasil. A partir desse trabalho, o Centro Astrológico de Buenos Aires -- na época o mais importante órgão astrológico da América Latina -- reconheceu o Instituto Paulista de Astrologia como Escola de alto nível técnico.

Em 1969, fundou a Urânia-Instituto Paulista de Astrologia, a mais antiga e conceituada Escola de Astrologia do país, da qual é até hoje diretor e professor.

Fundador, em 1971, da ABA-Ordem Nacional dos Astrólogos e Cosmo-Analistas, o primeiro e principal órgão autoregulamentador da classe no Brasil e qualificador do bom profissional de Astrologia. Exerceu por várias gestões os cargos de Diretor e Presidente, sendo seu atual Diretor Secretário (2008), e membro vitalício e remido de seu Conselho Superior.

Fundador e atual Presidente (2008) do SAESP - Sindicato dos Astrólogos do Estado de Sáo Paulo, do qual é membro remido e vitalício de seu Conselho deliberativo, órgão inspirado por ele e registrado no Ministério do Trabalho. O SAESP, primeiro Sindicato pioneiro da classe no Brasil, continua sendo um modelo para os outros que foram surgindo no País.

Organizou no Brasil os maiores eventos ou Congressos de Astrologia -- insuperáveis até hoje pela grandeza e qualidade, onde apresentou as mais importantes pesquisas e teses de Astrologia Científica e notáveis previsões astrológicas de acontecimentos mundiais e nacionais, com extraordinária margem de acerto.(80%)

Durante 13 anos participou de programas de Rádio e TV, e principalmente do famoso “Xênia e Você” da TV Bandeirantes, e depois na Rádio Capital com o líder de audiência "A Rodada dos Bruxos"; os componentes da “Rodada”, dotados de uma grande bagagem cultural, orientavam a população brasileira com princípios filosóficos, humanísticos, de liberdade de pensamento e cidadania.

Destaca-se como um dos poucos Astrólogos no mundo com o maior índice de acertos em previsões de acontecimentos internacionais e do Brasil, a maior parte delas antecipadamente registradas em cartório. Entre elas, o mês e ano da chegada do homem à Lua, os atentados ao Papa Paulo VI e João Paulo II, a morte do Presidente Pompidou na França, a invasão do Afganistão pela Rússia, a Guerra das Malvinas, a peste avassaladora da aids e o fim da União Soviética, bem como a previsão acertada de inúmeras catástrofes naturais, a guerra do Iraque, que envolveu 20 países, a crise aérea no Brasil, além de centenas de outras em seus arquivos. A partir de 1974, tais previsões contaram com a colaboração de sua esposa Vera Facciollo, também Diretora do IPA e do notável astrólogo e professor do mesmo, Antoine Daoud Filo.

É, sem dúvida, o Astrólogo que tem mais serviços prestados à causa da Astrologia Científica e Ética na América Latina --- participando de dezenas de debates públicos com adversários da Astrologia --- tendo saído vitorioso de todos eles em virtude de sua grande bagagem cultural e o mais amplo e completo conhecimento da Ciência Astrologica. Todos certamente se recordam dos mais notáveis deles, no programa “Roda Viva”, na TV Cultura, e com Enio Mainardi, arbitrado por notáveis da sociedade paulistana.

Tem-se destacado como conferencista e consultor de assuntos esotéricos, maçônicos, filosóficos, astrológicos, humanísticos, sociais e políticos.